//
Social em Movimentos

2013 Social em Movimentos

Esta categoria contém 3 posts

Debates e rodas de conversa

 

Terça-feira, dia 9 julho:

    Participantes:
    – Alexis Saludjian, professor Adjunto (Doutor) de Economia do Instituto de Economia da UFRJ
    – Ivan du Roy, jornalista do site Bastamag
 

Quarta-feira, 10 de julho:

    Participantes:
    – Pedro Barbosa Mendes, Universidade Nômade e IBICT
    – Moema Miranda, Ibase (Instituto Brasileiro de Análises Sociais e Econômicas)
    Moderadora: Erika Campelo, jornalista, gerente de projetos na associação Ritimo e fundadora da associação francesa Autrés Brésils
 

Quinta-feira, 11 de julho:

    Participantes:
    – Jessé Souza, Universidade de Juiz de Fora
    – Maureen dos Santos, FASE (Federação de Órgãos para Assistência Social e Educacional)
 

Sexta-feira, 12 julho:

    Participantes:
    – Carlos Juliano Barros, jornalista Repórter Brasil, diretor de Carne, Osso
    – Ivan du Roy, jornalista do site Bastamag
    – Letícia Tura, FASE (Federação de Órgãos para Assistência Social e Educacional)
    Moderador: Maurício Thuswohl, jornalista do site Carta Maior
 

Sábado, 13 julho:

  • ENCONTRO COM A DIRETORA:
    – Mariana Otero, diretora do filme “Em nossas mãos”
 

Domingo, 14 julho

    Participantes:
    – Carlos Vainer, Professor Titular UFRJ no Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano e Regional (IPPUR)
    – Ivan du Roy, jornalista do site Bastamag
    Participantes:
    – Vinicius de Paula Machado (a confirmar), Hub-Rio
    – François Ghislain Morillion, Empreendedor Social – VERT
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Anúncios

Programação

 

Terça-feira, 9 de julho: // CRISE FINANCEIRA E RAZÕES DA CRISE //

18h: Sessão de Abertura
DIVIDOCRACIA
de Katerina Kitidi e Aris Hatzistefanou – Grécia, 2011, 74 min – Classificação : 12 anos
RODA DE CONVERSA

 

Quarta-feira, 10 de julho: // CRISE SISTÊMICA //

17h:
DA SERVIDÃO MODERNA
de Jean-François Brient  – França/Colômbia, 2009, 52min – Classificação: 14 anos

18h15:
DIÁRIO DE UMA CRISE
de Sandra Kogut  – Brasil, 2010, 48 min – Classificação: 10 anos
DEBATE

 

Quinta-Feira, 11 de Julho: // CRISE E CONSUMO //

16h30:
MUITOS DIAS TEM UM MÊS
de Margarida Leitão – Portugal, 2009, 91 min – Classificação: 12 anos

18h30:
FAMILIA BRAZ: DOIS TEMPOS
de Arthur Fontes e Dorrit Harazin – Brasil, 2010, 82min – Classificação: Livre
RODA DE CONVERSA

 

Sexta- Feira, 12 de julho: // MODOS DE PRODUÇÃO //

16h30
A GALINHA QUE BURLOU O SISTEMA
de Quico Meirelles – Brasil, 2012, 15 min – Classificação: Livre
CARNEIRO 2.0
de Antoine Costa e Florian Pourchi – França, 2012, 77 min – Classificação: 10 anos

18h40
COPIAR-CLONAR
de Louis Rigaud, França – França, 2009, 4 min – Classificação: Livre
CARNE, OSSO
de Caio Cavechini e Carlos Juliano Barros – Brasil, 2011, 65 min – Classificação: 14 anos
DEBATE

 

Sábado, 13 de julho: // ALTERNATIVAS //

13h: Sessão Infantil
Classificação: livre
A MULA TEIMOSA
de Helio Villela Nunes – Brasil, 2010, 15 min
DISQUE QUILOMBOLA
de David Reeks – Brasil, 2012, 13 min
PATAKÉS
de Julie Rembauville e Nicolas Bianco-Levrin – França, 2012, 10 min
EM OUTRO LUGAR
de Julie Rembauville e Nicolas Bianco-Levrin – França, 2008, 4 min

15h: Alternativas e Outros Modos de Vida
UTOPIA NO QUINTAL
de Fernando Moura – Brasil, 2011, 26 min – Classificação: Livre
CULTURAS EM TRANSÇÃO
de Nils Aguilar – France, 2011, 65min – Classificação 10 anos
DEBATE

18h: Produção Industrial e Trabalho
EM NOSSAS MÃOS
de Mariana Otero – França, 2011, 88 min – Classificação: 10 anos
ENCONTRO COM A DIRETORA MARIANA OTERO

 

Domingo, 14 de julho: // ALTERNATIVAS //

11h: Sessão Infantil
Classificação: livre
A MULA TEIMOSA
de Helio Villela Nunes – Brasil, 2010, 15 min
DISQUE QUILOMBOLA
de David Reeks – Brasil, 2012, 13 min
PATAKÉS
de Julie Rembauville e Nicolas Bianco-Levrin – França, 2012, 10 min
EM OUTRO LUGAR
de Julie Rembauville e Nicolas Bianco-Levrin – França, 2008, 4 min

14h30: Resistências
VAMOS TODOS PARA LARZAC: O NASCIMENTO DA LUTA ECOLÓGICA 
de Christian Rouaud – França, 2011, 118min – Classificação: 10 anos
RODA DE CONVERSA

18h15: Sessão de Encerramento – Governança e outros caminhos de cidadania
QUEM SE IMPORTA?
de Mara Mourão – Brasil, 2010, 91 min – Classificação: Livre
RODA DE CONVERSA

 

Faça download da nossa programação:

Programa Resumido
CP_SEM13-4-1
CP_SEM13-4-2

Programa resumido em formato pdf

Programa completo
ProgSEM13_P1
ProgSEM13_P2

Programa completo em formato pdf

Filmes

Filmes franceses e europeus

Dividocracia

de Kateria Kitidi e Aris Hatzistefanou
Grécia, documentário, 74 min, 2011

afiseta

“Dividocracia” apresenta um ponto de vista sobre a análise dos acontecimentos que arrastaram a Grécia para a situação preocupante, onde se encontra hoje. “Em cerca de 40 anos, dois partidos, três famílias políticas e alguns grandes patrões levaram a Grécia à falência. Deixaram de pagar aos cidadãos para salvar os credores”.

Página oficial do filme

Terça, 9 de Julho- 18h

 

Da Servidão Moderna

de Jean-François Brient
França – Colômbia, documentário, 52 min, 2009

002 la servitude volontaire2

Documentário elaborado a partir de imagens desviadas que apresenta de forma poética a teoria do autor sobre a condição da servidão moderna, voluntária e consentida. O filme expõe a nossa condição de escravo dentro do sistema mercante e coloca em evidência as formas de mistificação que ocultam esta condição subserviente.

Página oficial do filme

Quarta, 10 de Julho- 17h

 

Muitos dias tem o mês

de Margarida Leitão
Portugal, documentário, 91 min, 2009, documentário

FotoMuitsDiasTemOMes

Com o simples gesto de um cartão de crédito ou um telefonema, os nossos sonhos tornam-se realidade. Mas, qual é o preço das nossas necessidades e dos nossos sonhos?

Com o simples gesto de um cartão de crédito ou um telefonema, os nossos sonhos tornam-se realidade. Mas, qual é o preço das nossas necessidades e dos nossos sonhos? “Muitos dias tem o mês” traça um retrato de homens e mulheres que vivem uma angústia diária: serão capazes de pagar os seus empréstimos e sobreviver até ao mês seguinte? Pessoas endividadas que vivem as suas vidas ao ritmo cotidiano dos prazos, das obrigações e do esforço para retomarem o controle das suas vidas.

Trailer do filme

Quinta, 11 de Julho- 16h30

 

Copiar-clonar

de Louis Rigaud
França, animação, 4 min, 2009

copier cloner

Uma animação sobre temas atuais da biotecnologia. O que acontece quando se compara o funcionamento de uma fazenda e suas vacas com um sistema operacional?

Sexta, 12 de Julho- 18h40

 

Carneiro 2.0

de Antoine Costa e Florian Pourchi
França,  documentário, 77 min, 2012

e2

Na França, uma nova lei obriga os criadores de ovelha a colocar um chip para identificar os animais, em vez do habitual brinco ou tatuagem. Atrás do chip, dos computadores e das máquinas, há todo um mundo que está morrendo, que é o campesinato. No mundo da máquina, o animal nada mais é que um produto de uma fábrica de carne e uma simples matéria prima desse processo industrializado.

Página oficial do filme

Sexta, 12 de Julho- 16h30

 

Patakés

de Julie Rembauville e Nicolas Bianco-Levrin
França, animação, 10 min, 2012

Patakes_5

Patakès é um índio corajoso, mas muito desastrado. Quando ele sai para caçar, ele falha constantemente. Rejeitado por sua tribo, a única solução que lhe resta é procurar ajuda do velho xamã que vive no topo de montanhas.

Sábado  , 13 de Julho- 13h
Domingo, 14 de Julho- 11h

 

Em outro Lugar

de Julie Rembauville & Nicolas Bianco-Levrin
França,animação, 4 min, 2008

Ailleurs-012

Do deserto ao mar e ainda mais longe. Este é o itinerário dos imigrantes que procuram um outro lugar onde a vida parece ser melhor.

Sábado  , 13 de Julho- 13h
Domingo, 14 de Julho- 11h

 

Culturas em transição

de Nils Aguilar, Classificação
França, documentário, 65 min 2011

cultura

O paradigma agrícola e industrial encontra hoje as suas contradições. O filme apresenta as alternativas encontradas por agricultores e comunidades para a insegurança alimentar no cenário mundial atual de mudança climática e pico do petróleo. Como organizar nossos campos e as nossas cidades para superar o desafio das crise ambiental e energética? Como criar resiliência local? Como criar um sistema de produção que melhora a vida?

Trailer do filme

Sabádo, 13 de Julho- 15h

 

Em nossas mãos

de Mariana Otero
França, documentário, 88 min, 2010

entrenosmains

Diante da falência da sua empresa de roupas íntimas, os empregados tentam reassumi-la como uma cooperativa. Surgem então, entre sutiãs e calcinhas, questões fundamentais, econômicas e sociais. Nesta aventura coletiva eles descobrem uma nova liberdade.

Página do filme no Cinefrance

Sábado, 13 de Julho- 18h

 

Vamos Todos para Larzac: O Nascimento da Luta Ecológica

de Christian Rouaud
França, documentário,118’, 2011

Gardarem_lo_larzac2

Em 1971, o governo francês anunciou a expansão de um campo de treino militar no Larzac, um planalto rural no sudoeste. Este projeto acarretaria na expulsão de centenas de pequenos agricultores. As lutas pelo direito à terra e por um mundo desmilitarizado levaram a que milhares de pessoas se juntassem em manifestações, acampamentos, confrontos com a polícia ou marchas de trator até Paris. Tous au Larzac conta a história desta incrível luta mítica que durou dez anos.

Página do filme no Cinefrance

Domingo, 14 de Julho- 14h30

 

Filmes brasileiros

Diário de uma crise

de Sandra Kogut
Brasil, documentário, 48, 2010, Classificação: 10 anos

Diariodeumacrise

No auge da crise econômica internacional, a partir de agosto de 2008, a diretora acompanha, seis personagens, brasileiros e americanos, que vivem em Nova York. Desesperados com a perda do emprego e de suas casas, eles questionam seus valores e reformulavam seus objetivos pessoais e profissionais. Alguns estão à procura de nova oportunidade de trabalho, outros parecem resignados com a situação em que se encontram.

Quarta, 10 de Julho- 18h15

 

Família Braz, dois tempos

de Arthur Fontes e Dorrit Harazim
Brasil, documentário, 82 min, 2010

foto  _familia braz

Seis pessoas de uma mesma família são visitadas dez anos depois. Dois Tempos retoma a narrativa da vida dos Braz, iniciada em 2000, no documentário A Família Braz. Em 2010 os mesmos diretores voltam à mesma casa para atualizar o retrato dos seis personagens. Passada uma década, o que foi feito de suas expectativas do passado, como tocam a vida no presente e o que esperam do futuro.

Página oficial do filme

Quinta, 11 de Julho- 18h30

 

Carne, Osso

de Caio Cavechini e Carlos Juliano Barros
Brasil, documentário, 65 min, 2011

carneosso03

Quem trabalha em um frigorífico se depara diariamente com uma série de riscos que a maior parte das pessoas sequer imagina. Ao longo de dois anos, a equipe da ONG Repórter Brasil percorreu diversos pontos nas regiões Sul e Centro-Oeste à procura de histórias de vida que pudessem ilustrar essa situação.

Trailer do filme

Sexta, 12 de Julho- 18h40

 

A galinha que burlou o sistema

de Quico Meirelles
Brasil, ficção, 15 min, 2012

a galinha_12

Numa granja industrial uma galinha tem uma visão: toma consciência da engrenagem que rege sua vida. Mesmo enclausurada entre milhões de galinhas que não compartilham de sua angústia, ela acredita que a vida pode ser diferente.

Trailer do filme

Sexta, 12 de Julho- 16h30

 

A mula teimosa e o controle remoto

de Helio Villela Nunes
Brasil, ficção, 15 min, 2011

MULA_TEIMOSA_02

A estória de uma amizade em um duelo sem palavras.

Página oficial do filme

Sábado, 13 de Julho- 13h
Domingo, 14 de Julho- 11h

 

Disque Quilombola

de David Reeks
Brasil, documentário, 13 min, 2012

FotoDisqueQuilombola

Crianças do Espírito Santo conversam de um jeito divertido sobre como é a vida em uma comunidade quilombola e em um morro na cidade de Vitória. Por meio de uma genuína brincadeira infantil, os dois grupos falam de suas raízes e revelam o quanto a infância tem mais semelhanças do que diferenças.

Página oficial do filme

Sábado, 13 de Julho- 13h
Domingo, 14 de Julho- 11h

 

Utopia no quintal

de Fernando Moura
Brasil, documentário, 26 min, 2011

Foto Utopia no Quintal 1

A Permacultura é um conceito que reúne técnicas e práticas visando a convivência sustentável entre o homem e o planeta. O documentário apresenta exemplos de pessoas que adotaram algumas dessas práticas em suas rotinas, provando que é possível aliar a preservação do meio ambiente à vida corrida das grandes cidades.

Sábado, 13 de Julho- 15h

 

Quem se importa?

de Mara Mourão
Brasil, documentário, 93 min, 2009

IMG_7366

“Quem se importa” é um filme que traça o perfil de empreendedores sociais no Brasil e no Mundo. Filmado no Brasil, Peru, Estados Unidos, Canadá, Tanzânia, Suíça e Alemanha, ele reúne histórias de homens e mulheres que têm como denominador comum a ação, tendo sempre como ponto de partida um incômodo grande com relação a uma determinada situação.

Página oficial do filme

Domingo, 14 de Julho- 18h15